Ouvir
A Hora das Cigarras
Em Direto
A Hora das Cigarras

PR/Angola: Há otimismo contido e renovado interesse dos empresários em Angola - SOFID

A presidente executiva da Sociedade para o Financiamento do Desenvolvimento (SOFID) disse à Lusa que há um renovado interesse dos empresários em Angola e um otimismo contido relativamente não só a este país, mas também sobre Moçambique.

PR/Angola: Há otimismo contido e renovado interesse dos empresários em Angola - SOFID



"Neste momento há um contido otimismo relativamente a ambos os países, os empresários procuram muita informação sobre o que se está a passar, e os projetos nos dois países vão aparecer", disse Marta Moriz, quando questionada sobre se a perspetiva de recuperação económica este ano e as reformas lançadas pelo Governo do Presidente João Lourenço estão já a ter um efeito concreto no interesse dos investidores.

"Há um renovado interesse dos investidores em ambos os países, os dados fundamentais macroeconómicos são positivos e, portanto, notamos que realmente há uma procura maior sobre estas duas geografias", disse a presidente da SOFID, a entidade do Ministério dos Negócios Estrangeiros que tem como missão apoiar as pequenas e médias empresas nos investimentos nos países em desenvolvimento.

"A SOFID tem características diferentes da banca comercial, por isso onde está a banca comercial, ou estamos em adicionalidade ou então deixamos esse papel para os bancos", disse Marta Moriz, explicando que este apoio ao financiamento vai para além dos tradicionais empréstimos.

"Vamos para além do financiamento típioco, tentamos obter licenças locais, funcionamos junto da diplomacia, aproveitamos essa plataforma enorme que Portugal tem lá fora, assumimos mais risco quando damos mais prazo às operações, temos períodos de carência que casam melhor com o ciclo de vida do projeto, e é uma forma que a SOFID tem de apoiar as empresas portuguesas nas suas aventuras" externas, disse a responsável.

O Presidente português chega a Luanda na terça-feira para uma visita de quatro dias a Angola, onde irá estar na capital e nas províncias de Benguela e Huíla.

Marcelo Rebelo de Sousa estará acompanhado pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, bem como pela secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro, e por uma delegação parlamentar.