Ouvir
ZOUK 80.90
Em Direto
ZOUK 80.90 Com Carlos Pedro

Começa o recenseamento de mais de quatro mil funcionários públicos na Guiné-Bissau

Salários de funcionários foram bloqueados no mês de setembro

Começa o recenseamento de mais de quatro mil funcionários públicos na Guiné-Bissau


O Ministério da Função Pública da Guiné-Bissau inicia hoje o recenseamento de mais de quatro mil funcionários públicos cujos salários do mês de setembro foram bloqueados.

A ação decorre a nível nacional e abre uma nova oportunidade aos funcionários lesados, explicou o Diretor de Serviços da Base de Dados da Administração Pública, Eusébio António Monteiro. O responsável por esta área disse ainda que este levantamento serve para corrigir as irregularidades verificadas na base de dados da função pública e das finanças. 

O governo guineense garantiu que as irregularidades estão relacionadas com a falta de documentos autenticados dos funcionários em causa, nomeadamente certificados de habilitações literárias, bilhete de identidade e número de identificação fiscal. Contudo, os funcionários negam as alegações do governo e afirmam que todos os documentos exigidos foram entregues no momento da admissão na função pública.