Ouvir
Manual de Instruções
Em Direto
Manual de Instruções Com Fernanda Almeida

Idosos vão ter mais apoio em Cabo Verde

Audio: Directora Geral da Solidariedade social de Cabo Verde, Mónica Furtado

O Governo cabo-verdiano acaba de recrutar cerca de 100 cuidadores em todas as ilhas do país para auxiliar os idosos vulneráveis nas tarefas diárias.

A ideia, de acordo com a Directora Geral da Solidariedade Social, Mónica Furtado, é permitir que os idosos em situação de isolamento domiciliar, por causa da covid-19, recebam diariamente a visita de um profissional dedicado que os ajude na realização de pequenos afazeres.

A Directora Geral da Solidariedade social de Cabo Verde, Mónica Furtado, garante que os cuidadores agora contratados pelo Governo estão capacitados para ajudar os idosos neste momento difícil por que passam devido ao covid-19.

Os cerca de 100 cuidadores vão estar ao lado dos idosos mais vulneráveis e em situação confinamento domiciliar, em todo o país, durante os próximos 3 meses. A direcção geral da solidariedade admite aumentar o número de profissionais se houver necessidade.