Ouvir
REPORTAGEM RDPÁFRICA
Em Direto
REPORTAGEM RDPÁFRICA

Militares da CEDEAO deixam Guiné-Bissau

Militares encontravam-se instalados no país desde 2012

Militares da CEDEAO deixam Guiné-Bissau


Os militares da CEDEAO instalados na Guiné-Bissau, desde 2012, devem começar a retirar-se do país a partir desta terça-feira.

Segundo uma fonte próxima da representação da CEDEAO na Guiné-Bissau, a decisão da retirada da ECOMIB foi comunicada ontem ao presidente da Assembleia Nacional Popular, por Blaise Diplo, representante da organização sub-regional em Bissau.

Segundo a mesma fonte, a medida vem na sequência do ultimato dado pela delegação ministerial da CEDEAO, que esteve no país para avaliar o cumprimento do acordo de Conakry pelos políticos guineenses.