Ouvir
Repórter RTP
Em Direto
Repórter RTP Moçambique

Ministros africanos dos Negócios Estrangeiros vão debater desafios do continente

Encontro tem início amanhã e termina na sexta-feira

Ministros africanos dos Negócios Estrangeiros vão debater desafios do continente

Oldemiro Baloi, Ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique


Pelo menos 24 ministros africanos dos Negócios Estrangeiros vão discutir, a partir de amanhã, os desafios do continente em Maputo, Moçambique, na 6.ª reunião ministerial da Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África.

A reunião, que vai durar três dias, vai debater também a emergência do radicalismo e do extremismo no continente, analisar estratégias de combate ao ébola e avaliar a implementação das atividades da reunião anterior.

"Para o nosso país, esta reunião tem um significado importante porque é uma contribuição para a consolidação da parceria com o Japão e uma demonstração do que foi feito nessa cooperação bilateral", observou o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Oldemiro Baloi, citado hoje pela imprensa moçambicana.

Oldemiro Baloi lembrou a importância do Japão como um novo parceiro dos países africanos, destacando, particularmente, ganhos na relação que Moçambique tem com o país nipónico.

O Japão é o nono parceiro comercial de Moçambique.

As exportações de produtos e serviços japoneses totalizaram, em 2016, um valor de 108 milhões de dólares, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística moçambicano.

As exportações de bens moçambicanos para o Japão foram de cerca de 31 milhões de dólares, logo a seguir a Portugal.

A reunião 6.ª reunião ministerial da Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África contará também com a participação de sete ministros titulares de outras pastas do continente, bem como 13 vice-ministros.