Ouvir
Em Direto

O embaixador chinês, em Bissau, está a espera das investigações da PJ ao arroz doado que terá sido desviado para venda.

Jin Hong Jun diz que segue com atenção o que se está a passar

O embaixador chinês, em Bissau, está a espera das investigações da PJ ao arroz doado que terá sido desviado para venda.

O embaixador da China na Guiné-Bissau, Jin Hong Jun, disse hoje que está a seguir "com muita atenção" a investigação da Polícia Judiciária à distribuição do arroz doado pelas autoridades chinesas, que "não é para venda".

O embaixador explicou que foi doado um total de 2.638 toneladas de arroz, no valor de três milhões de dólares, e que o donativo chegou a 26 de janeiro...

O responsável diplomático chinês, deu também a conhecer que já se encontrou com o ministro da agricultura que explicou o que se passou mas que está a espera dos resultados da investigação da policia jundiciária.

A Polícia Judiciária da Guiné-Bissau apreendeu no âmbito de uma operação, denominada "Arroz do Povo", mais de 100 toneladas de arroz doado pela China, que segundo aquela força de investigação criminal, estava a ser preparado para ser vendido ao público.

ouvir ►
(embaixador chinês em Bissau Jin Hong Jun)
AS20190410