Ouvir
Vozes da Lusofonia
Em Direto
Vozes da Lusofonia Com Edgar Canelas

O governo cabo-verdiano diz que não houve aumento do desemprego

O ministro da economia fala num aumento da população ativa

O governo cabo-verdiano diz que não houve aumento do desemprego


O governo justificou hoje o aumento da taxa de desemprego de 2,6 pontos percentuais em 2016 com o aumento de pessoas que saíram à procura de emprego, ou seja, que passaram de inactivos para activos face a 2015.

Em conferência de imprensa onde reagiu aos dados divulgados pelo instituto nacional de estatística (INE) avançados na passada sexta-feira, que apontaram para um aumento de número de desempregados, o Ministro Da Economia e do Emprego, José Gonçalves, disse que o número de pessoas que passaram de inactivos para activos aumentou de 1.319 em 2015, para 18.443.

José gonçalves garantiu que em 2016 não houve perdas de postos de trabalho e, pelo contrário, avançou que foram criados mais 15.240 empregos, um aumento em mais de 30 por cento face em 2015.

O governante aproveitou para reforçar que apesar dos dados do INE indicaram que a taxa de desemprego aumentou de 2015 para 2016, não há mais desemprego no país.

O responsável pela pasta do emprego aproveitou para renovar o compromisso do governo em tudo fazer para durante o mandato apoiar e incentivar o sector privado a criar emprego.