Ouvir
O Som da Leitura
Em Direto
O Som da Leitura De Luís Carlos Patraquim.

População de São Vicente organiza manifestação contra a centralização do poder cabo-verdiano

Manifestação vai ter lugar no dia 5 de julho

População de São Vicente organiza manifestação contra a centralização do poder cabo-verdiano


Um grupo de cidadãos da ilha cabo-verdiana de São Vicente está a preparar uma manifestação para 5 de julho, dia da celebração dos 42 anos da independência.

Os manifestantes reivindicam mais investimentos na ilha de São Vicente e protestam contra aquilo que consideram ser políticas de centralização do poder na capital do país, Cidade da Praia. A manifestação terá início às 10h na Praça Estrela.

O Primeiro-Ministro do país encontra-se em São Vicente numa visita de dois dias e já reagiu a esta notícia. Ulisses Correia e Silva diz que os cidadãos são livres de organizarem uma manifestação, contudo, acredita que "não é contra este governo porque representamos tudo o que seja contrário à centralização do poder". O Primeiro-Ministro cabo-verdiano deu como exemplos a criação de "vários programas que vão desde a Zona Económica Especial Marítima que vai ter um impacto muito forte na economia de São Vicente, a confirmação da asfaltagem da baia que vai ser integrada no orçamento de 2018 e várias intervenções a nível social como a substituição de casas de lata".