Ouvir
Disco da Semana
Em Direto
Disco da Semana

Três pessoas morreram nos protestos violentos contra o governo no Egipto

A televisão estatal anunciou a morte de um polícia em confrontos com manifestantes, na capital, Cairo, onde se realizaram os protestos mais violentos e as outras vítimas mortais registaram-se no Suez.

Três pessoas morreram nos protestos violentos contra o governo no Egipto

Sapo

Os activistas organizaram-se através de uma campanha na rede social, facebook, inspirados na revolta popular na vizinha Tunísia.
Para hoje estão previstos novos protestos no Egipto, segundo avança, esta manhã, a agência France Press.
As autoridades egípcias anunciaram, esta manhã, a detenção de cerca de duzentos manifestantes.
O cenário pode voltar a acontecer, hoje, com a convocação para uma nova manifestação que não está autorizada.
O governo de Paris condenou as mortes, esta manhã, lembrando que a democracia deve existir em todos os Estados.
Também, o Presidente norte-americano reagiu aos acontecimentos no Egipto. Barack Obama disse que o governo deve ser sensível à vontade do povo e aproveitar para realizar reformas políticas, económicas e sociais, com vista à prosperidade do Egipto.