Sociedade

Presidente da República distingue RG3

Nos fogos deste verão, 600 pessoas estiveram alojadas no RG3

Presidente da República distingue RG3

© presidencia.pt

O Regimento de Guarnição (RG) N.º 3, no Funchal, vai ser distinguido na quinta-feira pelo Presidente da República, uma condecoração que o novo comandante da unidade militar considerou hoje ser um reconhecimento pelo apoio prestado à população em diferentes desastres.

"Parece-me que se trata de um reconhecimento público do trabalho e da importância que o regimento teve, nomeadamente no verão passado", quando a Madeira foi afetada por incêndios que fizeram três mortos, disse Paulo Guedes Vaz aos jornalistas.

O responsável militar, que falava após uma audiência para apresentação de cumprimentos ao presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, no Funchal, confirmou que vai marcar presença na cerimónia de entrega da condecoração por Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa.

"É um estímulo, mas, fundamentalmente, um reconhecimento de um trabalho da excelência que o RG3 tem feito ao longo destes anos", complementou.

O comandante adiantou ter assegurado a Miguel Albuquerque uma "abertura completa para o apoio às populações e naquilo que for solicitado, dentro das capacidades do regimento".

"Todas as capacidades que o Regimento tiver e possam prestar o apoio às populações em situações de calamidade, garantidamente tudo fará para que esse apoio seja efetivo", realçou.

O objetivo do responsável ao comando do RG3 é "tentar manter o nível de excelência que os antecessores fizeram até à presente data e tentar corresponder a essas expectativas".

O RG3 foi a instituição que acolheu, aquando do temporal de 20 de fevereiro de 2010 e dos incêndios que se registaram na segunda semana de agosto deste ano, centenas de desalojados.

Nos fogos deste verão, segundo os dados divulgados pelo Governo Regional da Madeira, das cerca de 950 pessoas que tiveram de ser retiradas de casa, 600 estiveram alojadas no RG3.


(Lusa)