Comunidades

Terra de sol e mar . Estanislau Bresolin (*)

Presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC (Fhoresc)

Terra de sol e mar .Estanislau Bresolin (*)
Terra de sol e mar*





Estamos às vésperas de mais uma temporada e a ansiedade de todos os players do setor turístico catarinense é sempre a mesma: teremos muito sol ou será uma temporada chuvosa? Infelizmente, nosso sucesso está umbilicalmente ligado ao sol. Nossa principal atração são as praias e elas só combinam com o bom tempo, caso contrário, grande parte de nossa cadeia é comprometida, sem alternativas.

Por essa razão, desde os primórdios de nossa atividade, organizada a partir do início dos anos 1970, já adotamos o slogan ‘Florianópolis, terra de sol e mar’, cravado numa bela canção do poeta Mirandinha e com o seguinte refrão “Eu vou voltar, pra minha terra de sol e mar”, finalizando com “... voltar pra minha ilha e rever a Conceição. Sol e mar da minha terra, terra do meu coração, eu vou voltar”. Foi sucesso absoluto em nossa cidade, pelo cenário paradisíaco da Ilha e pela nossa vocação praieira.

Situada em sua grande maioria nas praias de Jurerê Internacional, Canasvieiras, Praia Brava, Ingleses, Costão do Santinho e, mais recentemente, no sul da Ilha, que muito tem crescido – e desordenadamente, como no norte – nossas estruturas são completamente dependentes do sol e do calor. A cada passeio em uma das nossas dezenas de praias – das pequenas e desertas às maiores e mais habitadas – há algo deslumbrante para encontrar.

Sinto-me privilegiado de viver e trabalhar com turismo nesta terra que é tratada como um paraíso pelos visitantes que aqui aportam, se divertem e a levam consigo em suas memórias. E considero adequado o momento de abordarmos nossos incontáveis problemas de infraestrutura, já que não serão resolvidos nem neste nem no próximo verão, sem um mínimo de planejamento.

Estou incluído entre aqueles que gritam a plenos pulmões de que precisamos de outros atrativos. Porém, eles são muito mais preciosos em períodos de baixa e média temporada, quebrando nossa sazonalidade. Neste quesito ainda estamos longe. No verão, querendo ou não, o que precisamos mesmo é de sol e mar.



*Estanislau Bresolin, presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC (Fhoresc)