Economia

Governo reduz dividendos dos acionistas da EDA (Vídeo)

O Governo Regional reduziu a distribuição de dividendos pelos acionistas da EDA ao valor mínimo exigido.



Dos 7 milhões repartidos, três e meio foram para as contas da região e outro tanto para os restantes acionistas.

Paulo Estevão, do PPM, que no passado já tinha pedido a redução da distribuição de dividendos, lembra que só em 2020 foram partilhados pelos acionistas 16 milhões e meio de euros, e afirma que a prioridade é injetar dinheiro na economia regional.

O deputado regional adiantou, em conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo, que será, igualmente, revertida a política de contratações do grupo EDA.

Telejornal