Graciosa Online

74 ativos

Mais 4 casos positivos em São Miguel e na Terceira

74 ativos
 

A Autoridade de Saúde Regional informa que, decorrentes das 1.156 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região nas últimas 24 horas, foram diagnosticados quatro casos positivos de COVID-19, sendo três na ilha de São Miguel e um na ilha Terceira. 

Os quatro casos correspondem a não residentes na Região e provêm de ligação aérea com território continental português.

Na ilha de São Miguel, foram diagnosticados um indivíduo do sexo feminino, de 25 anos de idade, através de teste de despiste à SARS-CoV-2 realizado à chegada, e dois indivíduos do sexo masculino, de 30 e 37 anos de idade, que apresentaram teste prévio ao embarque com resultado negativo e teste efetuado após o sexto dia com resultado positivo. 

Na ilha Terceira, foi detetado um indivíduo do sexo masculino, de 19 anos, que realizou teste à chegada com resultado positivo. 

Assim, até ao momento, foram detetados na Região 375 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, verificando-se atualmente 74 casos positivos ativos, dos quais 56 na ilha de São Miguel, 11 na ilha Terceira, um na ilha Graciosa, dois na ilha do Pico, dois na ilha do Faial, um na ilha de Santa Maria e um na ilha das Flores.
 
As medidas de prevenção e contenção da pandemia devem ser mantidas e reforçadas, sempre que possível, por cidadãos e organizações públicas, privadas e do setor social. 

A Autoridade de Saúde Regional reitera a necessidade de serem cumpridas todas as recomendações já tornadas públicas a este propósito, em especial a de, em caso de sintomas, não procurar um Hospital ou Unidade de Saúde, mas ligar para a Linha de Saúde Açores - 808 24 60 24.







PORTUGAL 

Hoje, 27 de outubro de 2020:
    
124.432 casos confirmados (+3.299)   
72.344 casos recuperados (+2.388)  
49.712 casos positivos ativos (+883)
2.371 mortos (+28)     
1.747 internados (+75), dos quais 253 em Unidades de Cuidados Intensivos (+13)   

Valores ( ) referentes às últimas 24 horas 

Fonte: Direção-Geral da Saúde





NO MUNDO 
atualização permanente 

Créditos: Johns Hopkins University