Graciosa Online

Apreensão - VÍDEO

Empresários graciosenses do turismo temem um inverno difícil



O fim do verão é sempre uma altura de mudanças para os empresários da hotelaria e da restauração. 

Na Graciosa a quebra na procura verifica-se logo no início de setembro e este ano, por causa da pandemia, espera-se um inverno ainda pior. 

De outubro de 2019 a fevereiro de 2020 a hotelaria tradicional graciosense recebeu apenas 1930 hóspedes, já incluindo as equipas do Campeonato dos Açores. 

O Núcleo Empresarial da Graciosa propõe uma reflexão sobre a oferta turística que os empresários do sector devem melhorar. 

Quem está na atividade há vários anos defende também uma aposta no mercado nórdico, tirando partido da temperatura dos Açores mesmo no inverno. Outro aspeto positivo é a situação sanitária da Região onde a pandemia está, aparentemente, controlada. 

O turismo e outros setores de atividade preparam-se para viver o próximo inverno um dia de cada vez.