Graciosa Online

Descompressão - VÍDEO

Último clássico graciosense da época termina sem golos



No último dérbi graciosense da época no Campeonato de Futebol dos Açores as duas equipas fizeram um bom jogo, onde só faltaram os golos. Marítimo e Guadalupe já tinham o destino traçado e jogaram sem pressão. O Guadalupe isolou-se no 2º lugar e o Marítimo aproximou-se do 6º, agora ocupado pelo próximo adversário, o Lusitânia. Os leões fecham a 1ª fase recebendo o Angrense. 


O último clássico da época na Graciosa foi sem pressão. O Guadalupe tinha a manutenção garantida e o maritimo confirmada a queda no grupo da despromoção que não acontecia há 4 anos. 

Primeira parte repartida, jogo muito disputado e poucas oportunidades, Hakeem aproveitou o erro adversário e fez o primeiro remate sem perigo. 

O Marítimo melhorou na atitude em relação aos últimos jogos em casa e teve mais posse. Nuno Correia não chegou ao canto de Tomás aos 36 minutos. 

Foi mais perigoso o Guadalupe 2 minutos depois. Zaneth não conseguiu bater Paulo Medeiros e atirou às malhas laterais. 0-0 ao intervalo com muito público na bancada do Estádio de Santa Cruz. 

O Guadalupe voltou a entrar bem na segunda parte e teve uma das melhores ocasiões aos 61 minutos. André Fontes também chegou atrasado ao cruzamento de Luis Filipe. 

Dois minutos mais tarde, resposta também à altura de bola parada. Canela explorou os instintos felinos de Nuno Silva que foi chamado ao onze. 

João Silva à distancia e apertado por adversários optou pelo remate que passou próximo do poste. 

Com o tempo a passar o Marítimo ainda acreditou noutro resultado. Aos 80 minutos Canela também não deu o melhor caminho ao cruzamento de Rui Marques. O júnior Júlio Medina entrou aos 87 e já em tempo extra desperdiçou outro bom cruzamento de Evandro Barros. 

Em 14 jogos na história do Campeonato foi o 3º empate entre as duas equipas da Graciosa. Jogo correto com arbitragem de Duarte Travassos que mostrou apenas 2 amarelos. 

Numa fase em que todos os pontos contam, o Marítimo recupera confiança e o Guadalupe isola-se no 2º lugar.