Graciosa Online

Ensino à distância

Deputado João Costa alerta para as dificuldades dos alunos

Ensino à distância


O deputado social democrata eleito pela Ilha Graciosa, João Bruto da Costa, alertou hoje “para as dificuldades que, face às contingências do surto de Covid-19, os alunos locais terão na adaptação ao ensino à distância”, querendo saber se o Governo Regional “está ciente das concretas necessidades desses estudantes”, questionou.

“Sendo de prever que, nos tempos mais próximos, seja necessário recorrer ao ensino à distância para os alunos do ensino básico e secundário na Região, é essencial aferir das condições para que esse modelo de aprendizagem não aumente o fosso de desigualdades a que, por vezes, os nossos estudantes estão sujeitos”, lembrou o parlamentar.

“Na Graciosa, cerca de 100 alunos, aproximadamente 20% da população escolar, ou não possui computador pessoal ou não tem ligação à internet na sua residência”, explica João Bruto da Costa, num requerimento enviado esta quinta feira. “Trata-se de um problema sério para estes estudantes que, perante a necessidade do uso de modelos de ensino à distância, num ambiente virtual e através da internet, podem ser seriamente prejudicados no seu progresso escolar e educativo”, alerta o social democrata. 

Segundo João Bruto da Costa, “sendo preciso colmatar as faltas referidas com cerca de 50 equipamentos informáticos, é também necessário garantir ligação dos alunos à rede, de forma a poderem receber e partilhar os conteúdos formativos necessários”, adianta.

O deputado graciosense questiona se o Governo está disponível “para articular e assegurar os meios para que todos os alunos da Ilha Graciosa possam, em igualdade, aceder em pleno a esta modalidade de ensino”, conclui.



Fonte: PSD Açores