Graciosa Online

Leão triste - VÍDEO

Sporting de Guadalupe sofre golo da derrota em tempo extra



O Sporting de Guadalupe não evitou a derrota na recepção ao líder do campeonato. O Rabo de Peixe só garantiu os 3 pontos quanto já passavam 6 minutos dos 90'. Os leões "morreram na praia" e baixaram ao 4º lugar, num jogo com vários "casos". 


O Guadalupe tinha sofrido 4 golos na 1ª volta na casa emprestada do Rabo de Peixe. Nicolau Carvalho pediu durante a semana uma imagem diferente e os jogadores cumpriram. 

Aos 11 minutos o Guadalupe já pressionava. Primeiro a bola foi ao ombro de Aragão e depois ao braço de Xexé. O árbitro Vasco Almeida deixou seguir. 

Ao livre de zaneth, Luis Filipe surgiu no primeiro poste a criar perigo. A seguir mais um lance de difícil análise: Zanett e Tiago Resendes empurram-se mutuamente e o jogador do Rabo de Peixe atira-se para a frente do adversário. Vaso Almeida optou por assinalar falta atacante. 

Aos 24 minutos a bola sobrou para o remate de André Fontes e parece tocar o braço de Emanuel antes do guarda redes afastar para pontapé de canto. 

Aos 37' o jogo acabou para Manu. Uma baixa importante na defesa da casa.Nem de bola parada o Rabo de Peixe e Marco Aurélio conseguiam criar perigo, perante uma boa exibição do Guadalupe na primeira parte. 

No segundo tempo o jogo continuou intenso e próximo das áreas. João Silva também tentou de longe. 

Aos 50 minutos, a tentativa de atraso de Aragão é feita com o braço e Vasco Almeida que estava bem colocado não viu. 

Ainda protestavam os adeptos quando Xexé pôs à prova o guarda redes João Cunha. 

Na resposta, João Silva em óptima posição desperdiçou uma boa oportunidade e Luís Silva tambem disparou à malhas laterais. 

O Rabo de Peixe tem a equipa mais forte do campeonato mas também há dias menos bons. João Flor ofereceu a bola ao avançado André Fontes que inaugurou o marcador aos 80 minutos. 

No entanto, a festa durou pouco. Valtinha de livre direto restabeleceu a igualdade aos 83 minutos.  O pragmatismo também distingue as melhores equipas. Já passavam 6 minutos dos 90' quando Mário Jorge sentenciou a partida. 

O Rabo de Peixe somou mais 3 pontos num jogo que o Guadalupe não merecia perder.