Graciosa Online

União de forças

Vereadores do PSD propõem medidas para ajudar a Graciosa nesta fase

União de forças


Os vereadores do PSD, António Reis e Cláudia Cunha, congratularam-se com a activação do plano municipal de emergência de protecção civil de Santa Cruz da Graciosa. 

Cientes da pandemia provocada pelo novo “CORONAVÍRUS” e com o intuito de proteger ao máximo a Graciosa e os graciosenses, propuseram na reunião ordinária da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, o seguinte: 

- A necessidade de, em colaboração com as juntas de freguesia, dar início à desinfecção dos espaços públicos, assim como das imediações dos espaços privados, nomeadamente os mais frequentados, como foi dado o exemplo dos supermercados, padarias, etc.  

- Também chamaram a atenção para a necessidade do município colaborar com a administração da empresa de transportes colectivos da ilha, na correcta desinfecção dos autocarros, após cada giro; 

- Outro assunto também abordado pelos vereadores foi o do executivo municipal, munir os seus colaboradores, principalmente os afectos à recolha de lixo, dos respectivos equipamentos de protecção individual, nomeadamente mascaras, fatos e luvas, apropriados ao desempenho das suas funções; 

- Foi dado nota, da importância de se criar uma equipa, em colaboração com as juntas de freguesia e IPSS’s, para apoiar os mais idosos e os detentores de factores de risco, na entrega de bens essenciais e medicamentos. 

Sabendo que este flagelo está em constante evolução e que o futuro é cada vez mais incerto, é de extrema importância antecipar os problemas económicos que provirão desta pandemia, os vereadores do PSD também propuseram algumas medidas de apoio directo às famílias e empresas do nosso concelho; 

- Isenção da factura de água e de todas as taxas a ela associadas, até ao fim do mês de Junho do 2020; 

-Isenção do pagamento de rendas dos espaços comerciais pertencente ao município, como é o caso dos lugares do mercado, esplanadas, quiosques, etc., também até ao fim de Junho de 2020. 

"Sabemos bem que estas medidas não resolvem a vida às famílias graciosenses e às empresas do nosso concelho, sabendo também que terão de ser constantemente actualizadas, completadas e provavelmente prorrogadas no tempo, mesmo assim, mostram, em caso do executivo as pôr em prática, a disponibilidade do nosso município em estar na linha da frente, no apoio às famílias e às empresas", refere uma nota de imprensa. 

"Acreditamos que se os graciosenses continuarem a cumprir com as recomendações de uma forma exemplar, como têm feito e se as entidades governamentais cumprirem também com as suas obrigações, … Vai ficar tudo bem”, concluiram os vereadores do PSD.