Local

Furacão Lorenzo vitimou pelo menos 700 cagarros (Vídeo)

Alguns dos cagarros encontrados mortos vão ser estudados do ponto de vista cientifico no âmbito de projetos como o "LIXAZ" que avalia o impacto do lixo marinho.

Nas limpezas foram encontradas cerca de 700 aves mortas nas ilhas do Pico e do Faial, mas acredita-se que tenham morrido muitas mais, com a destruição dos ninhos.

A campanha SOS cagarro vai continuar a ter o objetivo de conservação, mas também vai permitir perceber se há alterações da população nas zonas afetadas pelo furacão.

A campanha SOS cagarro decorre até 15 de novembro.

RTP/Açores