Local

Novo processo judicial trava incineradora em São Miguel

A Tecnovia Açores, empresa preterida no concurso para a construção da incineradora de São Miguel, levou o caso ao supremo Tribunal Administrativo e Fiscal de Ponta Delgada.

Novo processo judicial trava incineradora em São Miguel


A ação, de acordo com a Antena 1 Açores, tem efeito suspensivo, travando, assim, o processo construção da incineradora.

Esta tarde, os autarcas de São Miguel reúnem-se, a pedido de Ricardo Rodrigues, presidente da Musami, para esclarecer as declarações da presidente da câmara de Ponta Delgada, admitindo alternativas à incineradora.

Este é um investimento de 58 milhões de euros.