Local

UGT reivindica plano estratégico de recuperação económica social (Vídeo)

Francisco Pimentel diz que em causa pode estar o desemprego de mais de 20 mil pessoa no inicio de 2020.

© LUSA

A UGT diz que os dados estatísticos referentes ao primeiro trimestre de 2020, sobre o desemprego, são ilusórios e não refletem a atual situação da região.

A central sindical considera que, se não forem tomadas medidas com urgência, o início do próximo ano pode trazer um despedimento em massa.

A UGT reivindica o arranque de um Plano Estratégico de Recuperação Económica e Social que garanta aspetos fundamentais como a sobrevivência e afirmação das empresas, ou a garantia dos postos de trabalho.

Durante a conferência de imprensa o caso particular da SATA também foi discutido.
Francisco Pimentel diz que os trabalhadores não podem ser prejudicados pela má gestão política.

O presidente da UGT assume-se disponível para criar um plano que dê a garantia de um futuro melhor na região, juntamento com o Governo Regional e os partidos.



RTP/Açores