Parlamento

Bastos e Silva evita falar do corte de verbas da República para os estragos do Lorenzo (Vídeo)

O secretário das finanças fez hoje, no parlamento, o ponto de situação da comparticipação financeira do governo da República no processo de recuperação dos estragos provocados pelo furacão Lorenzo, mas sem referir o polémico corte de verbas.


Bastos e Silva diz que, num montante de 198 milhões de euros, a Região só recebeu, até agora, 20 milhões.
Para este ano, no orçamento de Estado, estavam previstos mais 38 milhões.

Prevê-se uma execução de 48 milhões, decorrendo negociações com a República sobre o montante que não está garantido.

Telejornal