Política

Açores e Madeira consideram "inadmissível" a previsão de fundos para 2021-27 [Vídeo]

Vasco Cordeiro diz que o orçamento põe em causa a política de coesão da União Europeia.

Os presidentes dos governos dos Açores e da Madeira não aceitam os apoios previstos para as regiões autónomas no próximo quadro comunitário 2021-2027.

Vasco Cordeiro diz que o orçamento é um retrocesso inaceitável e que põe em causa a política de coesão da União Europeia.