Sociedade

Comerciantes do Corvo dizem-se esquecidos pelo Governo Regional (Som)

Último barco de mercadorias chegou ao Corvo a seis de dezembro. Mais de um mês depois, falta quase tudo nos supermercados.

 

Comerciantes do Corvo não compreendem por que motivo a carga não chega à ilha. O porto corvino, alegam, está em perfeitas condições para receber mercadoria. Ainda assim, passa mais de um mês desde que o último barco atracou. Os comerciantes dizer estar em dificuldades.

 

Antena 1/Açores