Sociedade

Doença pulmonar obstrutiva afeta 210 milhões de pessoas em todo o mundo (Vídeo)

Os doentes tendem a desvalorizar os sintomas o que leva a que o diagnóstico seja feito, em muitos casos, numa situação mais avançada da doença.

O principal fator de risco é o fumo do tabaco.

Além do tratamento farmacológico é feita uma reabilitação respiratória de forma a aumentar a tolerância ao esforço dos doentes e assim melhorar a sua qualidade de vida.

Em Portugal os estudos apontam para uma prevalência de 14,2% na população portuguesa com mais de 45 anos e tendo em conta a relação direta entre a doença e o tabagismo, a prevalência da doença e a mortalidade são muito mais altas nos fumadores.

RTP/Açores