Ouvir
Musical Antena 1
Em Direto
Musical Antena 1

Concertos

5.ª edição do "Soam As Guitarras"

17 a 20 de Junho, no Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim

|

5.ª edição do Soam As Guitarras

A estreia de "Solo", o novo espectáculo de Mafalda Veiga; Sérgio Godinho com “Os Fadinhos do Godinho”; Frankie Chavez e Peixe no formato Miramar e Manuel de Oliveira com Marco Rodrigues, marcam 5.ª edição do Soam as Guitarras, de 17 a 20 de Junho, no Cine-Teatro Garrett, Póvoa de Varzim

**********

A próxima etapa da 5.ª edição do Soam As Guitarras chega à Póvoa de Varzim para 4 concertos especiais entre os dias 17 e 20 de Junho, no histórico Cine-Teatro Garrett. Ainda é possível adquirir bilhetes para as 4 datas (informação de bilheteira abaixo).
Mafalda Veiga, ontem agraciada com a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores num evento que celebrou o Dia do Autor Português (22 de Maio é a data de aniversário desta Sociedade), estreia na Póvoa de Varzim o seu novo espectáculo, SOLO, uma antologia pessoal, que será revelada em filme, música e palavras. Agendado para 19 de Junho, SOLO apresenta alguns inéditos de Mafalda Veiga e ainda músicas de outros autores que fazem parte do seu percurso musical e da sua vida, despindo sempre as canções até ao osso, que ali vivem apenas da sua voz e guitarra, e das imagens, filmadas e editadas pelo realizador Tomás Baltazar exclusivamente para este espetáculo.
Na Póvoa de Varzim, a programação tem início a 17 de Junho com o concerto de Miramar, o projecto que junta os talentos de Peixe, ex-Ornatos Violeta, e Frankie Chavez. Ao vivo apresentam-se com imagens manipuladas em tempo real e convidam-nos a embarcar numa viagem contemplativa, em que as cordas das suas duas guitarras, que ressoam em diferentes caixas, com ou sem electricidade, se complementam e vão contando histórias de diferentes paisagens, sem nunca caírem em maneirismos mas, pelo contrário, mantendo sempre a beleza de uma certa contenção estética. Porque o que interessa não são eles, os performers, mas a música que servem e que oferecem ao público. A sua música é rica, sem nunca ser excessiva. É coerente, sem nunca ser repetitiva.
A 18 de Junho, Manuel de Oliveira, considerado unanimemente por crítica e público como um dos melhores guitarristas portugueses, subirá ao palco para mais um momento da digressão ENTRE LUGAR, contando com os músicos João Frade & Sandra Martins e uma participação muito especial: o fadista Marco Rodrigues, prometendo assim, mais uma vez, surpreender o público. Manuel de Oliveira explica: «O desafio proposto pelo Soam as Guitarras configura a oportunidade no momento certo para dar luz a uma vontade, que eu e o Marco Rodrigues já sentíamos há muito, de nos juntarmos para explorar as nossas paixões pela guitarra e pelo Fado. O Marco, além de ser um grande fadista e um grande guitarrista, é um artista com que me identifico muito neste ímpeto de "quebrar" fronteiras, ou limites criativos. Por isso, é de esperar uma abordagem muito guitarrística e sem preconceitos ao universo do Fado e da ibericidade, presença constante em tudo o que faço.»
E a 20 de Junho, chega a oportunidade, única, de assistir ao projecto especial de Sérgio Godinho - OS FADINHOS DO GODINHO. É o próprio a explicar melhor: «Desde há muito que tenho tido a feliz oportunidade de escrever para outras vozes. Procuro sempre as suas "caras", ao fazê-lo - a sua cara musical, a sua personalidade, o seu estilo. Entre todos estão muitos fadistas. E dá-me prazer explorar os territórios estilísticos do fado, com os seus códigos particulares, embora mantendo também sempre "a minha cara". Desse punhado de canções nasceu esta aposta. A de cantá-las eu próprio, não como fados (não sou fadista de essência), mas como simples canções que são, de volta à casa de partida. Para esse desafio, terei a companhia de dois músicos de excepção. Filipe Raposo, pianista e criador exímio, e meu parceiro de longa data, e José Manuel Neto, guitarrista de eleição, que me habituei a escutar em muitos dos "meus fados".»


O Soam As Guitarras 2021 teve início com o concerto esgotado de João Pedro Pais no Fórum Luísa Todi, em Setúbal, no passado dia 05 de Maio. No dia seguinte, O Gajo, que escolheu o Soam As Guitarras para a estreia do novo espectáculo “Subterrâneos”, apresentou-se em Évora e actuou num esgotado Cinema Charlot em Setúbal, a 07 de Maio. O encontro entre Nancy Vieira, Fred Martins e a juventude da guitarra portuguesa de Bruno Chaveiro também aconteceu, a 6 e 7 de Maio, em ambos os municípios.
A itinerância é uma das características do Soam As Guitarras, um projecto da GHUDE, que desde a primeira edição conta com Oeiras na co-producao. Depois da passagem por Évora, Setúbal e Póvoa de Varzim, o encerramento celebra-se em Oeiras, entre 17 de Setembro e 16 de Outubro, em 4 salas diferentes, com uma programação a anunciar muito em breve, que inclui um novo espaço.
Em Setembro está também apontado o concerto de Dead Combo em duas noites já esgotadas, dias 29 e 30, no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, após o adiamento da data inicial, ditado pela pandemia.
O Soam As Guitarras tem vindo a afirmar-se como um evento que privilegia a singularidade, desde os espaços intimistas, passando pelo encontro improvável entre artistas que preparam momentos únicos, até à estreia de novos espetáculos, como aconteceu no ano passado com Os Fadinhos do Godinho (Sérgio Godinho) e este ano com a apresentação do novo disco "Subterrâneos" do projecto O Gajo e a estreia do espectáculo "Solo" de Mafalda Veiga.
A 5.ª edição do Soam As Guitarras segue as recomendações e os procedimentos indicados pela Direcção-Geral de Saúde relativas ao Coronavírus/ COVID-19. Em segurança, a organização acredita que é possível usufruir do melhor que a música tem para dar ao público, celebrando, neste caso e de uma forma abrangente, a arte das cordas nas suas múltiplas vertentes.