Ouvir
Linha do Horizonte
Em Direto
Linha do Horizonte Com José Carlos Trindade

Discos

Cati Freitas - "Meu Amor"

|

Cati Freitas - Meu Amor

Veja o video de "Meu Amor" de Cati Freitas.



Depois do sucesso da estreia em 2013 com o disco “Dentro” - e de uma tour muito bem recebida - a cantora de voz doce decidiu ganhar tempo a escutar o silêncio, a escutar-se a si própria. Durante esse tempo, na viagem constante entre Braga e Lisboa - entre a quietude do campo e o fascínio da cidade - Cati Freitas​ descobriu o novo fôlego na escrita e composição das suas canções, o mesmo que a levou ao fundo de si, dos seus amores, das suas vivências. O primeiro resultado dessa viagem, tanto geográfica como interior, dá pelo nome de Meu Amor​, novo single, uma declaração de amor sentida.

Aqui, Cati Freitas​ escreve e compõe uma ode dedicada ao seu grande amor - aquele que acompanha, compreende e cuida. Mas, acima de tudo, esta é uma ode ao Amor ele próprio, aquele sem o qual o primeiro não se pode alimentar. 


Cati Freitas

Vem de Braga e tem 28 anos, mas bem podia vir de qualquer outro local do Mundo, porque o talento de Cati Freitas não se contenta com as nossas fronteiras. Cati escolheu o Brasil como inspiração, embora à sua equação geográfi­ca pessoal acrescente ainda o calor de Cabo Verde e a imensa paisagem americana do jazz clássico. Nos faróis de cantar, iluminaram-na as vozes de gente como Elis Regina, Chico Buarque ou o "nosso" Paulo de Carvalho, tudo gente com uma noção precisa de estilo que ensinou a Cati Freitas que a voz resulta também de uma procura interior. Cati apresentou “Altar Particular” e “Maldizer”, os singles que apresentam Dentro, o álbum que lhe há-de assegurar a estreia. Foi gravado no Brasil com o produtor Tiago Costa que para ela preparou uma moldura acústica de superior elegância, uma sombra que permite que a luz da sua voz brilhe de pleno direito, sem truques, sem artifícios, mas com uma alma imensa a que é impossível fi­car indiferente. Cati Freitas quer mostrar o que tem Dentro, aos outros e a si mesma. O véu começa a ser destapado. E podem apaixonar-se à vontade...

Fonte: Cati Freitas