Ouvir
O Amor é (Fim de Semana)
Em Direto
O Amor é (Fim de Semana) Com Júlio Machado vaz e Inês Menezes

masterclass

Daniela Onís

Odivelas

|

Daniela Onís

PERFIL

Nome: Daniela Ónis
Localidade:
Odivelas
Letras: Descaminhos / Canta Maria, Danç



LETRAS

Descaminhos

Caminhos que não se encotram,
Que não se querem, que não se colam.
Caminhos tão descaminhos,
Seguem sozinhos a sua rota.

Que a vida não quis júntar,
Cegou a minha vontade,
Que quero mas que não posso
Ai, se a saudade matasse.

Deitada sem norte,
Sem sorte, sem jeito.
Alpendre sem sol,
Maresia sem vento é defeito.

Sentada sem jeito,
Sem norte, sem ti.
Caminhos sozinho, sozinha.
Descaminhos sem fim,
Descaminhos sem fim.

Que a vida não quis júntar,
Cegou a minha vontade,
Que quero mas que não posso
Ai, se a saudade matasse.

Se a vida não quer juntar
E o tempo desfaz ligeiro,
Mais dia menos azar
Nem sei se ainda sei caminhar.

Se a vida não quer juntar
E o tempo desfaz lgieiro,
Mais dia menos azar
Nem sei...
Só sei que cansei de andar!

Canta Maria, Dança

Canta Maria, canta,
Maria, morena de coraçao,
Que o teu coração é de ouro,
Não se desfaz nem rola no chão.

Qual bola de futebol,
Qual dança roda pião,
Mas canta Maria,
Que o teu moreno não se debota
Nem cai na fossa, canta o refrão.

Sobe morena, sobe,
Maria, o tom desta canção,
Quem canta seu mal espanta
E o mal que tens não faz falta não

Se o ritmo te faz dançar,
O ritmo desta canção,
Vá, dança Maria.
Esquece o problema que não interessa
E caiu para a fossa, não volta não.

Morenas há muitas, mas como tu não
Morena mulata, canta esta canção
Com corpo e com alma, não tens outro jeito
Maria branquela, fica no meu peito.

Sobe morena, sobe,
Maria, o tom desta canção,
Quem canta seu mal espanta
E o mal que tens não faz falta não.

Se o ritmo te faz dançar,
O ritmo desta canção,
Vá, dança Maria.
Esquece o problema que não interessa
E caiu para a fossa, não volta não.

Morenas há muitas, mas como tu não
Morena mulata, canta esta canção
Com corpo e com alma, não há outro jeito
Maria branquela, mulata de peito.

Morenas há muitas, mas como tu não
Morena mulata, canta esta canção
Com corpo e com alma, não tens outro jeito
Maria branqueia, fica no meu peito.

Sobe morena, sobe,
Maria, o tom desta canção,
Quem canta seu mal espanta
E o mal que tens não faz falta não.

Dança Maria,
Esquece o problema que não interessa
E caiu para a fossa, não volta não.