Ouvir
Antena Aberta
Em Direto
Antena Aberta António Jorge

Os Dias da Rádio

Manoel de Oliveira (1908 - 2015)

|

Manoel de Oliveira (1908 - 2015)

© Foto: Jean-Paul Pelissier, Reuters



Manoel Cândido Pinto de Oliveira
nasceu no Porto a 11 de dezembro de 1908.
Entre curtas e longas-metragens, realizou mais de 40 filmes até ao fim da vida.
O histórico realizador deixou o legado de uma obra que marca o cinema europeu e mundial.
Para além da longevidade e atividade que lhe era admirada no mundo do cinema, Manoel de Oliveira mudou a forma de olhar e conceber o cinema como outros grandes do século XX.

- Especial "O Século de Oliveira em 13 filmes marcantes" (De Tiago Alves e João Lopes com edição sonora de Márcio Décio).

- Programa "Vidas que Contam" de Ana Aranha.

- Entrevista de Manoel de Oliveira a João Lopes.

- Entrevista de Manoel de Oliveira a Fátima Campos Ferreira.

- Reportagem de Luis Caetano para o Programa "Câmara Clara".

- 10 Factos sobre Manoel de Oliveira.




FILMOGRAFIA:

Longas-metragens

1942 - Aniki-Bobó
1963 - Acto da Primavera (docuficção)
1971 - O Passado e o Presente
1974 - Benilde ou a Virgem Mãe
1979 - Amor de Perdição
1981 - Francisca
1985 - Le Soulier de Satin
1986 - O Meu Caso
1988 - Os Canibais
1990 - Non, ou a Vã Glória de Mandar
1991 - A Divina Comédia
1992 - O Dia do Desespero
1993 - Vale Abraão
1994 - A Caixa
1995 - O Convento
1996 - Party
1997 - Viagem ao Princípio do Mundo
1998 - Inquietude
1999 - A Carta
2000 - Palavra e Utopia
2001 - Porto da Minha Infância
2001 - Vou para Casa
2002 - O Princípio da Incerteza
2003 - Um Filme Falado
2004 - O Quinto Império - Ontem Como Hoje
2005 - Espelho Mágico
2006 - Belle Toujours
2007 - Cristóvão Colombo – O Enigma
2009 - Singularidades de uma Rapariga Loura
2010 - O Estranho Caso de Angélica
2012 - A Igreja do Diabo
2012 - O Gebo e a Sombra

Curtas e médias metragens

1931 - Douro, Faina Fluvial
1932 - Estátuas de Lisboa
1938 - Já se Fabricam Automóveis em Portugal
1938 - Miramar, Praia das Rosas
1941 - Famalicão (filme)
1956 - O Pintor e a Cidade
1964 - A Caça
1965 - As Pinturas do meu irmão Júlio (documentário)
1966 - O Pão (documentário)
1982 - Visita ou Memórias e Confissões
1983 - Lisboa Cultural
1983 - Nice - À propos de Jean Vigo
1985 - Simpósio Internacional de Escultura em Pedra - Porto
2010 - Painéis de São Vicente de Fora, Visão Poética
2011 - "Do Visível ao Invisível" em Mundo Invisível
2014 - O Velho do Restelo