Cannes 2014: a seleção oficial

Cannes 2014  

Cannes 2014: a seleção oficial

Foram divulgados hoje os filmes presentes na 67ª edição do festival. D.

Artigo recomendado:
Cannes 2014: a seleção oficial
Cannes 2014
Jane Campion preside ao júri de Cannes O festival de Cannes escolheu pela primeira vez uma realizadora para liderar o júri da competição principal.

A seleção oficial do festival de Cannes inclui três filmes de 4 realizadores premiados em edições anteriores com a Palma de Ouro.

Os irmãos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne regressam com "Deux Jours Une Nuit", onde dirigem a estrela do cinema francês Marion Cotillard no papel de uma mulher que procura manter o emprego convencendo os colegas a abdicarem das bonificações. Todos os seus cinco filmes anteriores desde "Rosetta" (1999) estiveram em competição e os Dardenne pertencem ao grupo restrito de realizadores que ganharam duas Palmas de Ouro ("Rosetta" e "A Criança").

Ken Loach também pertence ao grupo de cineastas altamente respeitados em Cannes (ganhou uma Palma de Ouro com "Brisa de Mudança" e apresentou 16 filmes no festival). O realizador britânico regressa com "Jimmy's Hall", o seu último filme ficcionado, o que torna emocionalmente relevante a sua presença.

Ken Loach compete com outro mestre do realiasmo britânico - trata-se de Mike Leigh que já filmou "Mr. Turner" (biopic sobre o pintor neoclássico JMW Turner), com Timothy Spall. Leight regressa a uma competição onde apresentou quatro filmes e que o consagrou com "Segredos e Mentiras" (Palma de Ouro) e "Nu" (prémio de realização).

Na seleção oficial competitiva salienta-se o regresso de Jean-Luc Godard com "Adieu au Langage", um filme em 3D. É a quinta vez que o realizador surge em competição, a última foi em 2001 com "Elogio do Amor".

A representação gaulesa fica completa os novos filmes de Olivier Assayas, Bertrand Bonello e Michel Hazanavicius.

"Sils Maria" (com Juliette Binoche e Chloe Moretz) é o primeiro filme em língua inglesa de Olivier Assayas, um realizador que competiu três vezes em Cannes.

Michel Hazavanicius  regressa com "The Search", onde dirige, novamente, Bérénice Bejo. É um remake de um filme de guerra de Fred Zinnemann, adaptado ao contexto atual do conflito na Chechênia. O realizador causou impatco em Cannes com "O Artista", exibido há três anos.

"Saint Laurent", o biopic não autorizado sobre o estilista Yves Saint Laurent,  também, compete pela Palma de Ouro. O realizador Bertrand Bonello tem presença discreta em Cannes, onde mostrou "Apollonide: Memórias de um Bordel" e "Tiresia". 

"Mommy", o drama entre mãe e filha marca a estreia de Xavier Dolan na categoria principal após três presenças em secções secundárias.

Outro canadiano, David Cronenberg, é uma presença regular em Cannes onde esteve na competição por quatro vezes (ganhou o prémio do júri com "Crash" e mais recententemente apresentou "Cosmopolis"). Estará em Cannes com "Maps to the Stars", uma história distorcida sobre Hollywood onde voltou a dirigir Robert Pattinson.

A seu lado estarão valores mais recentes, mas com provas dadas, cpmo o turco Nuri Bilge Ceylan (cinco presenças na competição de Cannes e dois grandes prémios do júri) e Tomy Lee Jones, que regressa à competição com a segunda longa-metragem que realizou.

O cinema africano tem uma rara presença entre os títulos que vão disputar a Palma de Ouro com uma longa-metragem da Mauritânia, "Timbuktu" de Abderrahmane Sissako.

Destaque ainda para a presença de duas realizadoras na secção principal (Naomi Kawase e Alice Rohrwacher), num total de 15 representantes do cinema no feminino que farão parte do programa deste ano, incluindo a portuguesa Teresa Villaverde, parte do coletivo que assina o documentário "Pontes de Sarajevo".

Não há nenhum filme português na seleção oficial mas "The Blue Room", de Mathieu Amalric, um dos mais recentes filmes do produtor Paulo Branco, surge na secção paralela Un Certain Regard.  


67º Festival de Cannes - Seleção Oficial


COMPETIÇÃO OFICIAL

Adieu au Langage, Jean-Luc GODARD
Captives, Atom EGOAYN
Sils Maria, Olivier ASSAYAS
Maps to the Stars, David CRONEBERG
Foxcatcher, Bennett MILLER
The Homesman (Tommy Lee JONES
Jimmy’s Hall, Ken LOACH
La Meraviglie, Alice ROHRWACHER
Leviathan, Andrei ZVYAGINTSEV
Mommy, Xavier DOLAN
Mr. Turner, Mike LEIGH
Saint Laurent, Bertrand BONELLO
The Search, Michel HAZANAVICUIS
Futatsume No Mado - Still the Water, Naomi KAWASE
Deux Jours, Une Nuit, Jean-Pierre e Luc DARDENNE
Relatos Selvajes, Damian SZIFRON
Kis Uykusu - Winter Sleep, Nuri Bilge CEYLAN
Timbuktu, Abderrahmane SISSAKO

Grace do Mónaco, Olivier DAHAN - filme de abertura, fora de competição

SECÇÃO UN CERTAIN REGARD

Party Girl, Marie AMACHOUKELI, Claire BURGER e Samuel THEIS - filme de abertura

Amour fou, Jessica HaAUSNER
Bird People, Pascale FERRAN
The Blue Room, Mathieu AMALRIC
Charlie’s Country, Rolf DE HEER
Dohee-ya, July JUNG
Eleanor Rigby, Ned BENSON
Fantasia, Wang CHAO
Harcheck Mi Headro, Keren YEDAYA
Hermosa juventud, Jaime ROSALES
Incompresa, Asia ARGENTO
Jauja, Lisandro ALONSO
Lost River, Ryan GOSLING
Run, Philippe LACOTE
The Salt of the Earth, Wim WENDERS e Juliano Ribeiro SALGADO
Snow in Paradise, Andrew HULME
Titli, Kanu BEHL
Tourist, Ruben OSTLUND

SESSÕES DA MEIA-NOITE

The Rover, David MICHOD
The Salvation, Kristian LEVRING
The Target, YOON Hong-seung


SESSÕES ESPECIAIS

Ponts de Sarajevo, vários realizadores
Eau Argentee, Mohammed OSSAMA
Maidan, Sergei LOZNITSA
Red Army, Polsky GABE
Caricaturistes – Fantassins de la democratie, Stephanie VALLOATTO

O Festival Internacional de Cinema de Cannes tem lugar de 14 a 25 de maio.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2014