Curta-metragemCinema Português  

Cinemax estreia «Campo de Víboras»

Segunda curta-metragem da luso-francesa Cristèle Alves Meira pode ser vista na próxima sessão, quarta-feira, 22 fevereiro, 00h30, RTP2.

Nasceu e cresceu em Paris. Filmou em Trás os Montes. Cristèle Alves Meira não é um nome que os espectadores portugueses reconheçam mas é, claramente, alguém com um olhar muito peculiar e uma forma singular de filmar histórias portuguesas.

"Sol Branco" (inédito em Portugal) e "Campo de Víboras", as duas primeiras curtas-metragens da realizadora, foram rodada numa aldeia transmontana perto de Vimioso, a aldeia da mãe e onde Cristèle regressa todos os anos, habitualmente para passar as férias de verão.

Cristèle sente um fascínio pelas pessoas, pela paisagem e pela luz. E sobretudo sente interesse nas lendas, na mitologia, nas histórias de aldeia que impressionam pela dimensão fantasista e pela crueza dos crimes passionais. Quer atualizar esses contos poplares, criando uma narrativa contemporânea. Naturalmente interessa-lhe filmar este microcosmos social e aprofundar a dualidade cultural de quem cresceu entre dois locais.

Dividida entre França e Portugal, entre a identidade francesa assumida no nome próprio - Cristèle - e as raízes portuguesas que carrega no duplo apelido - Alves Meira - a realizadora está a escolher o caminho do cinema para se reencontrar.

"Campo de Víboras", que vai ser exibido no CINEMAX numa estreia absoluta na televisão portuguesa, é esteticamente francês e tematicamente português. É um filme sobre alguém que está preso no lugar a que pertence e onde vive, mas que tem vontade de fugir, de transgredir, de viver outra vida, noutro local ou país.

Essa mulher é Lurdes, interpretada por Ana Padrão, com uma intensidade dramática e realista que faz crescer a personagem para além do tempo da curta - queremos saber mais sobre Lurdes, queremos ver mais cinema de Cristèle Alves Meira, e essa é uma virtude da curta. Deixa-nos à espera do filme seguinte.

E Cristèle vai prosseguir. Nesta altura prepara a primeira longa-metragem "Alma Viva", que será rodada em Trás os Montes, um drama sobre uma adolescente de 15 anos que regressa a Portugal para passar férias na aldeia dos pais.

"Campo de Víboras" pode ser visto no CINEMAX Curtas depois de ter integrado a seleção da Semana da Crítica do Festival de Cannes e de ter sido exibido em quatro festivais portugueses: IndieLisboa, Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira, Caminhos do Cinema Português de Coimbra e Córtex em Sintra.

por
publicado 00:24 - 18 fevereiro '17

Recomendamos: Veja mais Artigos de Curta-metragemCinema Português