Hotel Royal” de Salomé Lamas estreia em Locarno

Cinema PortuguêsFestivalCurta-metragem  

"Hotel Royal” de Salomé Lamas estreia em Locarno

Este ano, o festival suíço regressa ao formato presencial e decorre entre 4 e 14 de agosto.

“Hotel Royal”, a mais recente curta-metragem de Salomé Lamas, foi selecionada para a Competição Corti d’Autore da 74.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Locarno, que decorre entre 4 e 14 de agosto.

A obra tem em estreia mundial no festival suíço e apresenta como protagonista a Camareira temporária de um grande hotel à beira mar, que incapaz de se relacionar, vive através de uma rígida metodologia de análise sobre o exterior e um quotidiano ritualizado, até que o incontrolável vem perturbar esta dinâmica. “Hotel Royal” é um fragmento e incompleto mosaico das sociedades contemporâneas. Poderia ser apelidado de um filme sobre os horrores da alma, sobre voyeurs ou simplesmente sobre inadaptados.

O filme, com fotografia de Rui Xavier, conta com a participação dos atores Ana Moreira, Carloto Cotta e Tomás Antunes.

Salomé Lamas estreia-se, assim, em Locarno, um dos principais festivais internacionais de cinema. Corti d’Autore é um novo programa competitivo dedicado a curtas e médias metragens de cineastas consagrados que estrearam previamente longas metragens.

“Hotel Royal” será exibido na sexta-feira, 6 de agosto, e contará com uma apresentação no início da sessão de perguntas e respostas no final. O filme terá outras duas sessões a 7 e 8 de agosto.

Esta edição marca o regresso do festival ao formato presencial após em 2020 a organização ter optado por realizar sessões online.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema PortuguêsFestivalCurta-metragem