Joaquim de Almeida contracena com Sandra Bullock
Joaquim de Alemida com Franka Potente em "Che": o ator volta a representar um presidente boliviano.

Cinema Norte-americano  

Joaquim de Almeida contracena com Sandra Bullock

O ator português está novamente a rodar para uma grande produtora norte-americana, interpretando o papel de um ex-presidente da república boliviano.

Joaquim de Almeida foi escolhido para um dos papéis principais do filme "Our Brand Is Crisis" ("A Nossa Marca é a Crise", em português), contracenando com a atriz norte-americana Sandra Bullock, segundo avançou o site de cinema The Wrap.

A produtora Smokehouse, de George Clooney, será responsável pelo filme a par da Warner Bros. O elenco, além de Sandra Bullock e Joaquim de Almeida, integra Billy Bob Thornton, Anthony Mackie e Ann Dowd.

Joaquim de Almeida regressa assim a uma produção de uma grande companhia norte-americana, quatro anos depois da rodagem de "Velocidade Furiosa 5". O filme é realizado por David Gordon Green o autor de "joe" e que dirigiu este ano Al Pacino em "Manglehorn".

O filme terá como base o documentário de Rachel Boynton, que incidiu sobre o uso de estratégias de campanha política norte-americana na Bolívia por ex-consultores do presidente Bill Clinton, James Carville e Stan Greenberg.

O ator português vai interpretar o papel de Castillo, ex-presidente da Bolívia e candidato à presidência pela segunda vez em quinze anos.

A figura do presidente boliviano é descrita no The Wrap como "pouco amiga da classe trabalhadora, fria e completamente fora do contacto com o homem comum", sofrendo ainda de demência.

Esta é a segunda vez que Joaquim de Almeida interpreta um presidente bolivianio. Em "Che", de Steven Soderbergh, desempenhou René Barrientos, o homem que mandou exceutar Ernesto Guevara.
 
O filme já começou a ser preparado, mas a estreia está prevista apenas para 2016.

por
publicado 20:24 - 13 outubro '14

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Norte-americano