Vitalina Varela de Pedro Costa na primeira seleção de finalistas dos Prémios Europeus de Cinema
"Vitalina Varela", de Pedro Costa

Cinema Português  

"Vitalina Varela" de Pedro Costa na primeira seleção de finalistas dos Prémios Europeus de Cinema

Novos filmes serão adicionados em setembro para as nomeações finais serem conhecidas a 7 de novembro.

Artigo recomendado:
Vitalina Varela de Pedro Costa na primeira seleção de finalistas dos Prémios Europeus de Cinema
Cinema Português
Quatro presenças portuguesas nos primeiros finalistas ao prémio europeu de melhor curta-metragem Aos 16 finalistas hoje anunciados vão juntar-se os filmes da segunda fase de seleção. As nomeações serão conhecidas em novembro.

A longa-metragem "Vitalina Varela", do realizador português Pedro Costa, integra a primeira lista de 32 filmes recomendados para uma nomeação aos Prémios Europeus de Cinema, anunciou hoje a Academia Europeia de Cinema (EFA).

Devido à Covid-19 e às restrições relacionadas com a pandemia, a Seleção de Longas Metragens 2020 da EFA é anunciada em duas etapas: hoje, a Academia anuncia os 32 títulos da primeira fase, com a segunda parte a anunciar em setembro.

Este formato permite incluir filmes impedidos de estrear até 31 de maio de 2020 - seja em festival, ou no circuito normal de exibição - devido à crise de saúde pública. A EFA exige apenas que tenham lançamento em cinema, ou online, antes do final de novembro de 2020.

Os filmes das duas etapas formarão a lista de longas-metragens de ficção recomendadas para a nomeação aos European Film Awards 2020. Esta primeira seleção foi feita por um comité formado pelo Conselho da EFA e por especialistas convidados.

Nas próximas semanas, os mais de 3 800 membros da European Film Academy irão ver os filmes selecionados e, após serem revelados os títulos da segunda fase, votarão para escolher os nomeados nas categorias de Melhor Filme Europeu, Realizador, Ator, Atriz e Argumentista.

As nomeações serão anunciadas a 7 de novembro, no Festival de Cinema Europeu de Sevilha, em Espanha. Um júri de oito membros decidirá sobre os nomeados nas categorias de Melhor Cinematografia Europeia, Montagem, Cenografia, Figurinos, Maquilhagem e Cabelo, Banda Sonora Original, Som e Efeitos Visuais. A apresentação dos vencedores do 33.º European Film Awards terá lugar a 12 de dezembro, em Reykjavik, na Islândia.

Os primeiros 32 filmes selecionados são os seguintes:

ADULTS IN THE ROOM
França, Grécia
Realização e argumento: Costa-Gavras

ATLANTIS
Ucrânia
Realização e argumento: Valentyn Vasyanovich

FAVOLACCE
Itália, Suíça
Realização e argumento: Damiano & Fabio D'Innocenzo

BERLIN ALEXANDERPLATZ
Alemanha, Holanda
Realização: Burhan Qurbani
Argumento: Martin Behnke & Burhan Qurbani

BETWEEN HEAVEN AND EARTH
Palestina, Luxemburgo, Islândia
Realização e argumento: Najwa Najjar

CAT IN THE WALL
Bulgária, França
Realização e argumento: Mina Mileva & Vesela

CHARLATAN
República Chega, Irlanda, Polónia, Eslováquia
Realização: Agnieszka Holland
Argumento: Marek Epstein

CHARTER
Suécia, Dinamarca, Noruega
Realização e argumento: Amanda Kernell

CORPUS CHRISTI
Polónia, França
Realização: Jan Komasa
Argumento: Mateusz Pacewicz

DAU. NATASHA
Alemanha, Ucrânia, Reino Unido, Rússia
Realização e argumento: Ilya Khrzhanovskiy & Jekaterina Oertel

EFFACER L'HISTORIQUE
França, Bélgica
Realização e argumento: Benoît Delépine & Gustave Kervern

ECHO
Islândia, França
Realização e argumento: Rúnar Rúnarsson

FALLING
Reino Unido, Canadá, Dinamarca
Realização e argumento: Viggo Mortensen

FATHER
Sérvia, Alemanha, França, Croácia, Eslovénia, Bósnia Herzegovina
Realização: Srdan Golubović
Argumento: Srdan Golubović & Ognjen Sviličić

FINAL REPORT
Hungria
Realização e argumento: István Szabó

VOLEVO NASCONDERMI
Itália
Realização: Giorgio Diritti
Argumento: Giorgio Diritti, Tania Pedroni & Fredo Valla

HOPE
Noruega, Suécia
Realização e argumento: Maria Sødahl

LET THERE BE LIGHT
Eslováquia, República Checa
Realização e argumento: Marko Škop

MARTIN EDEN
Itália, França
Realização: Pietro Marcello
Argumento: Pietro Marcello & Maurizio Braucci

MADRE
Espanha, França
Realização: Rodrigo Sorogoyen
Argumento: Isabel Peña & Rodrigo Sorogoyen

MOTHERLAND
Lituânia, Letónia, Grécia, Alemanha
Realização e argumento: Tomas Vengris

MY LITTLE SISTER
Suíça
Realização e argumento: Stéphanie Chuat & Véronique Reymond

PERSIAN LESSONS
Rússia, Alemanha, Bielorrússia
Realização: Vadim Perelman
Argumento: Ilya Zofin

SERVANTS
Eslováquia, Roménia, República Checa, Irlanda
Realização: Ivan Ostrochovský
Argumento: Rebecca Lenkiewicz, Marek Leščák & Ivan Ostrochovský

LA TRINCHERA INFINITA
Espanha, França
Realização: Aitor Arregi, Jon Garaño & Jose Mari Goenaga
Argumento: José Maro Goenaga & Luiso Berdejo

THE PAINTED BIRD
República Chega, Ucrânica, Eslováquia
Realização e argumento: Václav Marhoul

THE PERSONAL HISTORY OF DAVID COPPERFIELD
Reino Unido, EUA
Realização: Armando Iannucci
Argumento: Simon Blackwell & Armando Iannucci

EL HOYO
Espanha
Realização: Galder Gaztelu- Urrutia
Argumento: David Desola & Pedro Rivero

UNDINE
Alemanha, França
Realização e argumento: Christian Petzold

UPPERCASE PRINT
Roménia
Realização: Radu Jude
Argumento: Radu Jude & Gianina Cărbunariu

VITALINA VARELA
Portugal
Realização: Pedro Costa
Argumento: Vitalina Varela & Pedro Costa

WILDLAND
Dinamarca
Realização: Jeanette Nordahl
Argumento: Ingeborg Topsøe

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Português