Cultura

Maro é a terceira a cantar no do Festival Eurovisão

Maro leva hoje a bandeira portuguesa ao palco instalado no Pala Alpitour, em Turim, Itália, para defender a canção ‘Saudade, Saudade’ na grande final da 66.ª edição do Festival Eurovisão da Canção. A final tem início às 20 horas e será transmitida em direto na RTP1.

Maro é a terceira a cantar no do Festival Eurovisão
A representante portuguesa será a terceira, entre 25 representantes de 25 países, a subir ao palco nesta edição do evento em que será encontrado um sucessor para os italianos Maneskin, que venceram a Eurovisão em 2021 nos Países Baixos com a canção ‘Zitti e Buoni’.

O país favorito a vencer hoje o concurso, de acordo com a média das casas de apostas, é a Ucrânia, representada pelos Kalush Orchestra com ‘Stefania’. Os três lugares seguintes da tabela têm sido ocupados por Itália, Reino Unido e Suécia. Neste aspeto, por esta altura, Portugal encontra-se em 16.º lugar nas previsões dos apostadores.

Este ano entraram 40 países em competição, mas à final chegam 25, dos quais 20 foram selecionados em duas semifinais, que decorreram na terça-feira e na quinta-feira, também em Turim.

A 66.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, que se realiza anualmente na Europa desde 1956, incluía inicialmente 41 países, mas a União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER), que promove o concurso, anunciou em 25 de fevereiro, um dia após a invasão da Ucrânia, que a Rússia iria ficar de fora.