Desporto

Fernando Santos quer Portugal focado «em si próprio»

O selecionador Fernando Santos reconheceu hoje a “grande qualidade” da Espanha, mas frisou que Portugal tem se “focar em si próprio” e em ganhar, no decisivo embate de terça-feira do Grupo A2 da Liga das Nações em futebol.

Fernando Santos quer Portugal focado «em si próprio»

© Hugo Delgado / Lusa

O técnico luso desvalorizou o facto de o empate servir, até porque, nas últimas duas vezes que isso aconteceu, as coisas não correram bem, com desaires caseiros com a França, na anterior Liga das Nações, e com a Sérvia, na corrida ao Mundial2022.

“Há terceira é de vez”, frisou Fernando Santos, dando a receita para o jogo: “Estamos sempre mais perto da vitória, que é o que procuramos em todos os jogos, se nos focarmos no que temos de fazer, se nos focarmos em nós próprios”.

De acordo com o selecionador luso, que disse ter “25 jogadores para utilizar”, ultrapassados os problemas físicos de Danilo Pereira e João Félix, não se trata de qualquer postura “narcisista”.

“Temos de ter humildade, mas sabendo das nossas capacidades, do nosso potencial. Temos de estar focados e de ser agressivos”, disse Fernando Santos, prometendo: “Portugal vai jogar como sempre jogou, não vai mudar nada”.

O selecionador luso espera, porém, dificuldades, face a uma Espanha que vem de um inesperado desaire caseiro com a Suíça (1-2), que promoveu Portugal à liderança do Grupo A2 da Liga das Nações, a uma ronda do final.

“A Espanha vai ser igual, pois joga sempre para ganhar. Desde 2008 que o seu padrão de jogo é o mesmo, embora com algumas variantes, tendo em conta as características dos jogadores. Tem sempre a mesma filosofia e joga sempre ganhar”, explicou.

Fernando Santos deixou claro que está identificado com o “4-3-3 mais clássico dos espanhóis”, uma “grande equipa, com grande qualidade a maturidade”, que, “em qualquer circunstância viria para ganhar”.

“Estamos motivados, até porque é sempre motivante podermos chegar a fases finais”, afirmou, rejeitando qualquer pressão especial: “Estes jogadores jogam sempre para ganhar, para ser campeões. Sabemos viver bem com a pressão e, felizmente, temos conseguido resultados”.

Quanto ao ‘onze’, Fernando Santos nada avançou, como habitualmente, garantindo, porém, que tem “confiança absoluta” em todos - daí terem sido convocados - e que todos estão “confortáveis” na “família” que é a seleção.

“Não podem é jogar todos”, lembrou, mostrando-se também confiante de que o relvado vai estar em boas condições, depois de ambas as equipas terem optado por não o utilizar nos treinos de hoje, escolhendo relvados secundários do Municipal de Braga.

De acordo com Fernando Santos, “é muito importante para as duas equipas” que o relvado esteja “em condições”.

O encontro entre Portugal e Espanha, da sexta e última jornada do Grupo A2 da Liga das Nações 2022/23, realiza-se na terça-feira, pelas 19h45, no Estádio Municipal de Braga, com arbitragem do italiano Daniele Orsato.

Após cinco rondas, a formação das ‘quinas’ lidera o agrupamento, com 10 pontos, contra oito da Espanha, seis da Suíça e quatro da República Checa, sendo que o primeiro segue para a ‘final four’ e o último é despromovido à Liga B.


Lusa