Desporto

Organização do Rali Vinho Madeira rejeita responsabilidades (vídeo)

A organização do Rali Vinho Madeira rejeita responsabilidades no acidente que causou a morte de uma criança de 8 anos. Mas está totalmente disponível para ajudar a família no que for necessário. Levar o rali para as zonas florestais e distantes das zonas urbanas é a solução, mas o troço da Encumeada é para manter pois é uma referência mítica da prova madeirense. Ideias reveladas por José Paulo Fontes, presidente da comissão organizada, no telejornal da RTP-Madeira