Política

Madeira com plano de 770 milhões (vídeo)

As primeiras verbas do Plano de Recuperação e Resiliência devem chegar em Outubro à Região. 73 milhões de euros para as empresas, havendo a possibilidade de um adiantamento de 7 milhões, já em junho.

O vice presidente do governo apresentou hoje o plano madeirense, que prevê um total de 770 milhoes de euros.

Pedro Calado exigiu a presença da Madeira em todas as comissões de acompanhamento, gestão e fiscalização destes fundos europeus.

São 770 milhões de euros para a Madeira ate 2026

561 milhões de afetação direta; 130 milhões dos programas nacionais e 79 do programa React.

O Plano de Recuperação e Resiliência encontra-se ainda em discussão pública por isso as verbas poderão demorar a chegar.

Uma coisa é certa; continuará a haver varias reivindicações da Região. Rapidez na atribuição de apoios e participação ativa.

Pedro Calado dá o exemplo dos Açores que usufrui de verbas para o investimento portuário, o mesmo não acontecendo com a Madeira que vai para além do prolongamento da Pontinha.

Confirmados ficam os valores que serão atribuídos aos setores da Região; 378 milhões de euros para a resiliência, que corresponde a toda a área social, saúde, habitação e gestão hídrica.

Transiçao climática para as renováveis e a transiçao digital para a administração publica saúde e para a escola digital