Política

Orçamento Participativo da Madeira para 2020 superior a 2,5ME

O Orçamento Participativo da Região Autónoma da Madeira (OPRAM) para 2020 terá "um valor mais expressivo", superior aos 2,5 milhões de euros deste ano, anunciou o vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado.

© GRM

O governante fez esta revelação durante a cerimónia de apresentação dos 25 projetos vencedores do OPRAM/2019, dos quais cinco foram supramunicipais e 20 municipais, que mereceram oito mil votos por parte da população.

Este ano foi a primeira vez que o Governo Regional consagrou no seu orçamento uma rubrica destinada ao Orçamento Participativo, tendo Pedro Calado manifestado a sua satisfação pela participação da população.

"Estamos muito satisfeitos com a forma como decorreu esta votação, o Governo Regional não teve qualquer envolvimento ou participação na votação, foi aberta a toda a população e foi feita individualmente", realçou.

Dos 11 municípios da região, apenas Porto Moniz e São Vicente não foram beneficiados com o OPRAM.

O projeto mais votado foi para a construção de uma pista de velocidade para a zona Oeste (Calheta, Ponta do Sol e Ribeira Brava), tendo também sido vencedores projetos em áreas como a dança ou a reabilitação de imóveis.

A promoção de hábitos saudáveis, a aquisição de viaturas para transportes de atletas e pessoas com necessidades especiais, recuperação de fontanários e lavadouros, zonas de lazer e pousada para juventude são outras das propostas vencedoras do OPRAM/2019.

C/Lusa