Sociedade

Corpo de Polícia Florestal vai receber subsídio de turno

Atualmente 78 elementos compõem o Corpo de Polícia Florestal na Madeira

Corpo de Polícia Florestal vai receber subsídio de turno

© GRM

A Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais prepara-se para publicar uma Portaria que prevê o pagamento de turno aos Polícias Florestais.

Susana Prada avança que o objetivo principal passa pela valorização do trabalho destes profissionais “pretende-se valorizar o trabalho desempenhado por uma Corporação com mais de 104 anos de história na defesa do património natural da Região Autónoma da Madeira”.

Atualmente, o Corpo de Polícia Florestal é composto por 78 elementos e as atividades são desenvolvidas em duas vertentes distintas, uma enquanto auxiliares dos técnicos do Instituto da Floresta e Conservação da Natureza (IFCN), outra, enquanto órgão de polícia criminal através de uma ação de policiamento, fiscalização, vigilância e investigação no âmbito da legislação Florestal e Penal.