Sociedade

Escolas de São Miguel mantêm-se em ensino à distância

As escolas da ilha de São Miguel vão manter-se em ensino à distância e as creches e ateliês de tempos livres vão continuar encerrados na próxima semana, devido à pandemia de covid-19, adiantou hoje o Governo Regional dos Açores.

Escolas de São Miguel mantêm-se em ensino à distância

© Lusa

“Excecionalmente mantém-se o ensino à distância para todos os estabelecimentos de São Miguel. Esta medida não decorre diretamente dos níveis de risco associados a cada concelho, porque temos apenas dois concelhos em alto risco, mas considerando um conjunto de circunstâncias foi entendido como adequado à contenção da pandemia e à salvaguarda da saúde pública que fossem estendidas a toda a ilha de São Miguel as medidas de ensino à distância para todos os níveis de ensino”, afirmou o secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses.

O governante falava, em Angra do Heroísmo, na conferência de imprensa de atualização das medidas de contenção da pandemia de covid-19, que vigoram a partir das 00:00 de sábado.

Segundo Clélio Meneses, esta medida resulta do facto de a pandemia estar neste momento “disseminada por toda a ilha” de São Miguel.

“São 33 freguesias com casos. São Miguel, se fizermos uma avaliação de risco por ilha, está no limiar do alto risco”, frisou.

O governante justificou ainda a adoção do ensino à distância com a “natureza da nova estirpe inglesa, pelo seu grau de transmissibilidade e pela forma como afeta as faixas etárias mais jovens”.

As escolas da ilha de São Miguel já tinham entrado em regime de ensino à distância na semana anterior ao período de férias de Páscoa, que termina na sexta-feira.

A ilha de São Miguel tem dois concelhos em alto risco de transmissão: Nordeste, com 506 casos por 100 mil habitantes, e Vila Franca do Campo, com 481 casos por 100 mil habitantes.

Ponta Delgada baixou de médio alto para médio risco, esta semana, com 60 casos por 100 mil habitantes.

C/Lusa