Sociedade

JPP apela ao adiamento das eleições por causa da pandemia

O partido Juntos Pelo Povo (JPP) apelou hoje ao adiamento das eleições para a Presidência da República agendadas para 24 de janeiro devido à pandemia da covid-19 e por respeito por quem está a sofrer.

JPP apela ao adiamento das eleições por causa da pandemia

© DR

"Este nosso posicionamento já foi comunicado ao Presidente da República (…) e tem por base o verdadeiro momento de exceção que estamos a viver e o respeito por todas as pessoas atingidas por esta pandemia", escreve o líder do partido, Filipe Sousa, em carta aberta aos partidos.

O JPP diz "não ser ético que, por razões meramente políticas, se passe por cima das dificuldades de saúde, sociais e económicas que estão a atingir milhões de portugueses aos quais se pede confinamento e recolher obrigatório, mas depois apela-se às pessoas que ocupem as assembleias de voto e vão às urnas como se não estivessem em estado de emergência, e como se os números da pandemia não estivessem em níveis absolutamente alarmantes".

“A política tem, neste momento, a oportunidade de mostrar ao país que a sua ação é orientada por elevados padrões de defesa do interesse comum, e não rasteiros interesses partidários, mesmo numa eleição que todos reclamam ser apartidária", afirma o líder partidário.

C/LUSA