Sociedade

Libertado da prisão e novamente detido ao abrigo de outro processo

Duarte Lima saiu hoje da prisão da Carregueira, Belas (Sintra), onde estava a cumprir pena, no processo Homeland, mas foi de imediato detido ao abrigo do processo de homicídio de Rosalina Ribeiro, cujo julgamento se inicia em novembro.

Libertado da prisão e novamente detido ao abrigo de outro processo
As imagens da saída da prisão de Duarte Lima foram transmitidas pelas televisões.

O antigo líder parlamentar do PSD foi condenado, em 2014, a seis anos de prisão, por burla qualificada no processo Homeland, que resultou de outro caso judicial: o do Banco Português de Negócios (BPN).

A detenção relaciona-se com o processo do homicídio, no Brasil, em 2009, da portuguesa Rosalina Ribeiro, antiga secretária e companheira do milionário português Lúcio Tomé Feteira.

Duarte Lima abandonou pouco antes das 19:00 a prisão da Carregueira num carro da PSP sem prestar declarações aos jornalistas.