Sociedade

Madeira em risco extremo de exposição aos raios UV

Madeira em risco extremo de exposição aos raios UV

© DR

Oito regiões do continente e da Madeira apresentam hoje risco 'extremo' de exposição à radiação ultravioleta (UV), enquanto o resto do país está com níveis 'muito elevados, segundo dados do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o Instituto, em risco 'extremo' de exposição à radiação UV estão as regiões de Beja, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Setúbal e no Funchal.

O Instituto recomenda para as regiões em risco 'extremo' que se evite o mais possível a exposição ao sol.

O resto do país está com níveis 'muito elevados' e 'elevados' de exposição à radiação UV.

Os índices UV variam entre menor do que 2, em que o UV é 'baixo', 3 a 5 ('moderado'), 6 a 7 ('elevado'), 8 a 10 ('muito elevado') e superior a 11 ('extremo').