Sociedade

Madeira já tem 84 hospitalizados

Uma morte e 125 novos casos mantêm a Madeira como uma das regiões com maior contagiosidade

Madeira já tem 84 hospitalizados
A Madeira regista mais um óbito. Trata-se de um homem de 86 anos que estava internado na Unidade Polivalente da COVID-19, desde o dia 21 de janeiro, e tinha comorbilidades associadas. A Região passa a ter a um total de 32 óbitos associados à COVID-19. 

Hoje há 125 novos casos positivos a reportar, pelo que a Madeira passa a ter 1913 os casos ativos, dos quais 113 são casos importados e 1800 são casos de transmissão  local. Os seis casos importados são provenientes da Região de Lisboa e Vale do Tejo (4), Centro (1) e de São Tomé e Príncipe (1).

Os restantes 119 casos são de transmissão local, na sua maioria já associados a contactos ou contextos de casos positivos.

Relativamente ao isolamento dos casos ativos, há a assinalar que 84 pessoas se encontram hospitalizadas; 80 pessoas em Unidades Polivalentes e quatro na Unidade de Cuidados Intensivos dedicada à COVID-19. Outras 44 pessoas cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada, permanecendo as restantes em alojamento próprio.

Relativamente à vigilância ativa de contactos de casos positivos, 2201 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da Madeira e no Porto Santo.

No que respeita a vigilância de viajantes, 4329 pessoas estão também a ser acompanhadas pelas autoridades, com recurso à aplicação MadeiraSafe.

Há mais 86 casos recuperados a reportar. A região passa a contabilizar 2365 casos recuperados de COVID-19.

No total, há 280 novas situações que se encontram hoje em estudo pelas autoridades de saúde, estando estas relacionadas com contactos com casos positivos, situações reportadas à linha SRS24 ou ao SESARAM.

Relativamente aos testes de PCR para despiste de COVID-19 realizados no contexto da operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos, há a reportar um total cumulativo de 151,358 colheitas para teste à COVID-19. No total, as amostras processadas no laboratório de Patologia Clínica do SESARAM para teste de PCR ascendem a 262.916.

A Região passa a contabilizar 4310 casos confirmados de COVID-19 no território regional desde que começou a pandemia.