Sociedade

Núcleo do furacão Leslie deverá passar afastado da Madeira

O diretor do Observatório Meteorológico do Funchal apontou hoje "uma grande probabilidade" de o furacão Leslie passar a norte da Madeira no sábado, mantendo-se esta, contudo, suficientemente afastada do núcleo com rajadas de 180 quilómetros/hora (Vídeo)

© Windy

"A previsão é que passe suficientemente a norte e a Madeira não ser significativamente ou muito afetada", revelou o responsável, Vítor Prior, em declarações à Lusa.

Mas, acrescentou, "se deslocar mais 50 quilómetros a norte ou mais 50 quilómetros a sul, pode fazer a diferença toda".

"Se passar 50 quilómetros mais a norte, o vento já será bastante fraco, mas se passar 50 quilómetros mais a sul o vento poderá ser extremamente forte", alerta.

"Aquilo que se prevê nas regiões costeiras são rajadas da ordem dos 80 quilómetros/hora e nas regiões montanhosas poderá variar entre os 110 a 120 quilómetros/horas, a começar no início da manhã de sábado", adiantou.

Quanto ao estado do mar, e no final da manhã, haverá "um aumento bastante significativo da altura das ondas, passando de 1 a 1,5 metros para 4 a 5 metros e para 7 a 8 metros de altura máxima".

A precipitação, segundo Vítor Prior, "não aponta para valores muito altos", porém a "massa de ar é bastante instável, muito quente, a temperatura da água do mar nesta zona anda nos 25º e 26º e isso poderá potenciar o desenvolvimento de algumas nuvens".

De acordo com o responsável, esta situação poderá dar origem, de forma pontual e localmente, "a valores de precipitação superiores àqueles que estão previstos".

"O sábado é o dia de maior gravidade, mas continua no domingo com ventos ainda fortes", concluiu.

LUSA