Sociedade

Papa Francisco com crise de ciática

O papa Francisco voltou a sofrer um ataque ciática, o que levou a adiar a sua tradicional receção anual do corpo diplomático internacional marcada para segunda-feira e desistiu de presidir a duas missas.

Papa Francisco com crise de ciática
Em comunicado, o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, disse que o papa recitará no domingo oração tradicional do Angelus, que será transmitido por vídeo da sua biblioteca particular devido à pandemia de coronavírus.

O papa Francisco não irá presidir a missa da Palavra de Deus de domingo nem as vésperas para a conclusão da semana de oração para a unidade dos cristãos,

Na primeira, será substituído pelo arcebispo italiano Rino Fisichella e na segunda pelo cardeal suíço Kurt Koch.

O encontro com o corpo diplomático foi adiado para uma data ainda a definir.

Esta é a segunda vez em menos de um mês que pontífice, de 84 anos de idade, se vê obrigado a alterar a sua agenda devido à ciática, o que o impediu de celebrar a última missa de 2020 e a do Ano Novo.