Sociedade

PSP-Madeira registou 366 infrações no âmbito da operação Cinto-me vivo

A Operação de Segurança Rodoviária “Cinto-me vivo”, decorreu entre os dias 8 e 14 de setembro, e teve como objetivo alertar os condutores e todos os ocupantes dos veículos para a importância de utilizarem sempre os dispositivos de segurança.

PSP-Madeira registou 366 infrações no âmbito da operação Cinto-me vivo

© DR

Num comunicado enviado às redações, a PSP refere que na campanha foram transmitidas as seguintes mensagens:

(1) “Utilize sempre uma cadeirinha homologada e adaptada ao tamanho e peso da criança, devidamente instalada”;

(2) “Utilize sempre o cinto de segurança, em todos os lugares do veículo, e em todos os percursos, mesmo nos de curta distância”.

(3) “Use o capacete de modelo aprovado devidamente ajustado e apertado”.

Durante as operações efetuadas pelas Divisões Territoriais do Comando da PSP da Madeira, foram fiscalizados 1 408 veículos, tendo sido registadas 366 infrações, das quais 23 relativas aos dispositivos de segurança, designadamente 19 pela incorreta ou não utilização do cinto de segurança, 3 pela incorreta ou não utilização de sistemas de retenção de crianças (SRC), 1 por falta ou uso inadequado do capacete, 11 por falta de inspeção periódica obrigatória, 2 por falta de seguro de responsabilidade civil e 9 por condução sob a influência do álcool. 

No que diz respeito à sinistralidade, durante a mesma janela temporal registou-se um total de 45 acidentes de viação, de que resultaram 20 feridos leves.

"Com esta campanha, simultaneamente implementada a nível nacional por todas as entidades envolvidas, foi dado mais um passo no envolvimento dos condutores e todos os ocupantes dos veículos para o desígnio de tornar a segurança rodoviária uma prioridade de todos", acresca a mesma nota.