Ouvir
Especial Desporto Antena 1 - Taça de Portugal
Em Direto
Especial Desporto Antena 1 - Taça de Portugal Sl Benfica - V. Setúbal

Apoios

Quinta do Bill - Sinfónico

Edição a 1 de Junho

|

Quinta do Bill - Sinfónico

Sinfónico é titulo do novo álbum da Quinta do Bill gravado ao vivo no Coliseu do Porto com a Banda Sinfónica Portuguesa, dirigida pelo Maestro Francisco Ferreira.
Foi a 25 de Outubro de 2014 e a magia desse momento ficou registada em CD-duplo e DVD que reúne as canções mais marcantes da banda de Tomar.
Gravação Áudio de Nuno Rebocho.
Mistura e Masterização de Nelson Carvalho
Produção Executiva – Pedro Barros

Ana Sofia Carvalheda conversou com Carlos Moisés, a voz dos Quinta do Bill.




A Única das Amantes
O oboé dá o inicio a uma das mais belas baladas da Quinta do Bill.
"A Única das Amantes", tema intemporal que foi estreado no álbum "O Trilho do Sol", ganha um novo corpo.
Em palco, Quinta do Bill & Banda Sinfónica Portuguesa, interpretam o tema que é hoje já uma referência entre todos os fãs da banda.
Empresa: Punctum
Realização: Carlos Mendes

Quinta do Bill são:

Carlos Moisés – Voz, flauta, guitarra acústica
Paulo Bizarro – Baixo, voz e percussões
Miguel Urbano – Acordeão, teclados, programações, voz, guitarra acústica, percussões
Jorge Costa – Bateria e percussões
Dalila Marques – Violino




SINFÓNICO

"Em plena comemoração da maioridade de “Os Filhos da Nação”, que em 2014 fizeram 20 anos, a Quinta do Bill decidiu, e bem, abraçar em o Coliseu do Porto como palco e a Banda Sinfónica Portuguesa como parceiros de uma noite inesquecível.
Foi a 25 de Outubro de 2014 e a magia desse momento ficou registada em CD-duplo e DVD, agora imortalizada em
2014 foi um ano especial para a Quinta do Bill e a noite do Coliseu, na invicta cidade do Porto, um feliz corolário. Num ambiente folk-sinfónico, numa sintonia perfeita entre a beleza arrepiante do acústico e o poder contagiante do eléctrico, viveram-se “Dias de Cumplicidade” únicos, num “Reunir aos meus Amigos” que contagiou o Coliseu do Porto do princípio ao fim.
A Quinta do Bill desenrolou em palco a sua História, que em momentos se confunde com a história da música em Portugal a partir de finais dos anos 80. Naturalmente o “Menino” não faltou, nem a “Senhoria Maria do Olival”, nem quem pediu “Voa (Voa)”, mas no fim está também o princípio e todos se sentiram “Os Filhos da Nação”, já “adultos para sempre”, 20 anos depois, embalados por uma orquestra especial, que deu à Festa tons de uma eterna e sentida Portugalidade. "


A Quinta do Bill