Ouvir
Jazz a 2
Em Direto
Jazz a 2 João Moreira dos Santos / Maria Alexandra Corvela / Luís Caetano / Produção: Cristina do Carmo

Concertos

Cícero Lee Grupo | 18 Maio 21h30

Cascais Jazz Club

|

Cícero Lee Grupo | 18 Maio 21h30 Cícero Lee Grupo | 18 Maio 21h30

© Jorge Carmona / Antena 2


18 Maio 21h30

Cascais Jazz Club


Cícero Lee Grupo

Cícero Lee, contrabaixo, baixo eléctrico
Carlos Garcia, piano
Desiderio Lázaro, saxofone tenor
José Salgueiro, bateria
Tiago Oliveira, guitarra


Depois do lançamento de Those Who Stay, e de uma série de concertos em Portugal, Cícero Lee apresenta a sua música original no Cascais Jazz Club.



Transmissão em direto 
a partir do Cascais Jazz Club
Apresentação e Realização: João Almeida
Produção: Cristina do Carmo 










Mais do que um baixista, Cícero Lee é um incansável estudioso do instrumento, cujo objetivo pessoal é atingir um grau de expressividade e destreza que seja, de facto, digno de nota. É um percurso sinuoso, de enorme dedicação, do qual não consegue abdicar. É também contrabaixista, compositor, professor, fotógrafo, e uma forte presença no meio musical nacional em géneros que vão do Jazz ao Pop-Rock, passando pela World Music e Música Tradicional Portuguesa. 
O seu primeiro registo em nome próprio, Ventos (Sintoma Records, 2013), levou-o, entre 2013 e 2014, a atuar em dezenas de clubes e festivais de jazz em Portugal e outros países Europeus. Colabora ativamente, desde 2009, com o músico Luís Represas, com quem tem tido a oportunidade de, como reconhece, conhecer Portugal mais profundamente. Esta relação criou a possibilidade de atuar ao lado de nomes incontornáveis na história da música Lusófona. Aqui destacam-se artistas como Ricardo Ribeiro, Martinho da Vila, Stewart Sukuma, João Gil, Jorge Palma, a que se juntam, provenientes de outras participações, nomes como Chico César, Cristina Branco, Rao Kyao, Paulo de Carvalho, Elisa Rodrigues, Janita Salomé e muitos mais, que o têm enriquecido enquanto músico e artista. Este percurso profissional levou-o a pisar grandes palcos, como o Centro Cultural de Belém, Coliseu dos Recreios, Rock In Rio, entre muitos outros. 
Em 2008 teve a oportunidade de estudar na Bass Collective, em Nova Iorque, e ainda, a título particular, com Jeff Andrews, Matthew Garrison, Lincoln Goines e Doug Weiss. Como professor, está inteiramente dedicado desde 2005 a um projeto educativo – a Escola de Música Interartes, em Cascais, onde é também coordenador. Esporadicamente envolve-se em workshops e masterclasses. 
Cícero Lee planeia dedicar-se cada vez mais à composição, a aprofundar o seu instrumento de eleição – o baixo elétrico – e a criar obras independentes dentro da música e da fotografia.




Carlos Garcia Pianista, compositor e maestro. Licenciado em Formação Musical e em Jazz (Piano) pela Escola Superior de Música de Lisboa. Lecionou Iniciação Musical na Escola de Música Metropolitana de Lisboa e Formação Musical na Escola de Música Luís António Maldonado Rodrigues (Torres Vedras). É professor de Iniciação Musical e de várias classes jovens de Orquestra na Escola de Música do Conservatório Nacional e professor assistente na Escola Superior de Música de Lisboa no Curso de Música na Comunidade. 
É pianista em projetos de diversos estilos de música (jazz, pop, funk, folk), tendo colaborado com músicos como Luís Represas, Ana Moura, Tiago Bettencourt, Berg, e participado em projetos como Reunion Big Band e Portugoesas. Desde 2003, escreve regularmente arranjos (vozes, cordas e sopros) para muitos dos projetos em que participa. Ao longo da sua carreira já teve a oportunidade de trabalhar com Luís Gomes (clarinete), Rui Paiva (órgão), Eurico Carrapatoso (análise e técnicas de composição), Pedro Moreira (big band), Lars Arens (arranjos), João Paulo Esteves da Silva, Antoine Hérve (piano jazz), Vasco Pearce de Azevedo, Ernst Shelle, Jean-Marc Burfin e Yibin Seow (direção de orquestra).



José Salgueiro Percussionista e baterista. Estudou na Academia dos Amadores de Música, Conservatório Nacional e Hot Clube de Portugal. Em 1988 estudou teoria da improvisação (bateria e trompete) no Tallers de Musics, em Barcelona. Estudou também com, entre outros, Max Roach, Billy Hart, Ron Maclure, David Liebman, Richard Beirach, Paulo Motian. Esteve com o agrupamento Trovante entre 1983 e 1991. Tocou e gravou com nomes como Sérgio Godinho, Zeca Afonso, José Mário Branco, Rui Veloso, Resistência, Pedro Burmester, Camané, Vitorino Salomé, Janita Salomé, Mário Delgado, Filipa Pais ou Pedro Jóia. Fez várias digressões internacionais com Maria João, Mário Laginha, Carlos Bica e José Peixoto. Participou em projetos de Gaiteiros de Lisboa, Bernardo Sassetti, Carlos Barretto, João Paulo Esteves da Silva, Paulo Ribeiro, António Pinho Vargas, Perico Sumbeat, Carlos Martins, Carlos Bica, José Peixoto, Carlos Zíngaro, Rui Júnior ou do duo Maria João e Mário Laginha. Em março de 2001, integrou o Quinteto de Wayne Shorter, num espetáculo integrado na programação de Jazz do “Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura”. Toca atualmente com Lokomotiv de Carlos Barretto e El Fad de José Peixoto.



Desidério Lázaro 
Saxofonista (tenor e soprano) e compositor. É um dos nomes de topo da mais recente geração do jazz nacional. Enquanto músico de jazz, fundou quatro bandas com música escrita por si, Urban Connections, Desidério Lázaro Quinteto, Quarteto e o Trio. Em 2007 fez parte do musical Cats, com o qual percorreu os principais palcos holandeses. Toca regularmente com os músicos mais influentes da cena jazzística portuguesa onde se destacam, entre outros, Maria João, Mário Laginha, Júlio Resende, André Fernandes, Carlos Barreto, Nelson Cascais, Alexandre Frazão, Bernardo Moreira, João Moreira, Bruno Pedroso, Rodrigo Gonçalves, Nuno Ferreira, Bruno Santos, etc. Em 2010 lançou o seu primeiro disco em trio, Rotina Impermanente (JACC Records), o qual recebeu boas críticas pela imprensa especializada, tendo sido considerado um dos discos do ano pela revista Jazz.pt.




Tiago Oliveira Guitarrista. Nascido numa família de músicos, iniciou-se nesta arte com a guitarra clássica numa pequena escola perto de casa, mas cedo descobriu que desejava aprofundar mais vertentes na área musical. Decorridos dois anos ingressa na Escola de Música Interartes, em Cascais, sob a orientação de Jorge Lee, com quem inicia os estudos de guitarra elétrica, bateria/percussão, teoria, harmonia e história da música ocidental. Mais tarde explora outras culturas musicais, estudando percussão com Gueladio Sané e descobrindo uma paixão pela música indiana que o levou a abordar o estilo indiano através da guitarra elétrica. Até hoje tem-se dedicado ao estudo da guitarra elétrica duma perspetiva abrangente em termos de géneros e abordagens, compondo e envolvendo-se em projetos diversos, desde o jazz, funk, música africana e latina. Atualmente toca com músicos como Paulo de Carvalho, Yami, Zé Salgueiro, Victor Zamora, Leo Spinoza, Cícero Lee, João Frade, entre outros, e tem atuado em países tão diversos como Espanha, França, Holanda, Polónia, Israel e Cabo Verde.




Fotos Jorge Carmona / Antena 2 RTP